Caseiríssimo – o podcast da Casatrês

Caseiríssimo
Caseiríssimo
Divagações na mesa de jantar ou no sofá da sala de estar. Debate em domicílio. Quase sempre sobre sociedade e comportamento. Algumas pinceladas filosóficas, outras mais literárias. Isenção da grande convicção; apego a qualquer dúvida. Somos três: Christiana M. Andrès, Felipe Moreno e Marília D. Jacques. Gostamos do debate como gostamos da nossa casa.
Flertando com o abandono: a guinada de hostilidade das redes sociais

As máximas abaixo resumem a maior parte da nossa conversa:

1. Nenhuma tecnologia é neutra. Nenhuma rede social é neutra. 

2. O boicote, como ação engajada, defronta com uma escala de dificuldade: talvez não seja tão difícil boicotar um artista denunciado por um crime; por muitas razões, é extremamente difícil boicotar o agronegócio; enfim, é quase impossível boicotar os monopólios de tecnologia.

3. É assombroso pensar que aquilo que menos conseguimos boicotar talvez seja exatamente aquilo que mais tem potencial para nos dominar. 

4. Nossa atenção e nossos dados estão sendo cada vez mais sequestrados em benefício dos modelos de negócio pertencentes a meia dúzia de bilionários;

5. Todo desenvolvimento exponencial produz, como efeito nocivo, uma defasagem exponencial: o rastro daqueles que não podem acompanhar a aceleração. 

6. Para refrearmos a violência sensitiva (que também é viciante) que o digital nos causa, precisamos de exercícios de desestimulo e dessaturação.

7. Precisamos de um salto que nos lance, novamente, aos passatempos do mundo físico. 

8. Cuide dos olhos, cuide do sono, cuide do fluxo mental; aperte os cintos, tenha atenção para não ser sugado, sempre um pouquinho mais, pelo grande vórtice das redes.