Categoria: Farfalhada

Farfalhada #3 | idas ao centro, vírus à espreita

Ao chegar no centro, tenho que comprar marmita para mais um morador de rua estropiado e faminto. Não quero: tenho que pagar. Ninguém me obriga: a consciência me guia. A fome é uma das experiências mais radicais da vida. Uma pessoa em condição de rua, que, para se alimentar, depende da população da nossa sociedade doente e mesquinha, deve viver em desespero. Passar frio e fome nas ruas imundas do centro de uma cidade grande deve ser, com certeza, uma das experiências mais aterradoras da vida.

Leia Mais